19 agosto 2003

Entoemos loas ao retorno de Marília Gabriela ao comando de um programa talk-show. Já que o estilo é tão demasiadamente superestimado, que ao menos se consiga uma apresentadora não-roliça, não-piadista, não-intelectualóide e que consiga fazer o entrevistado brilhar mais do que o entrevistador. E Marília Gabriela é sempre uma grande presença e de uma competência inqüestionáveis. O horariozinho é tenebroso (domingos, 0h00min), mas quem quiser mesmo, verá.