19 fevereiro 2004

E, no fim das contas, aí tá vindo a folia de momo. É, carnaval, e tal. Engraçado me dar conta de que nunca fui muito ligado ao carnaval. Quer dizer, aprecio como manifestação popular, na infância tinha uma grande aproximação, até por um maior convívio com a família - os inevitáveis bailes, naquela idade em que você veste fantasias de super-heróis e coisas do tipo. Ano passado ainda fui assistir ao desfile no nosso "sambódromo" que ocupava aquela grande avenida ao lado da escola Parobé. Este ano, a pista de eventos parece que tá beleza, mas provavelmente não me movimentarei até lá. O melhor acaba sendo o feriado, grande oportunidade para o descanso e a realização de atividades que normalmente são escanteadas.