28 junho 2004

Eu acho que agora, com internet, com blog, está surgindo uma geração que está achando engraçado escrever e acho que esse é um ótimo momento para o Brasil. Se daí vai nascer um escritor ou quantos escritores vão nascer, não interessa. É uma literatura ainda confessional, com todo mundo achando que sua própria história é a melhor história para contar, mas tudo bem. Acho que isso aí um ‘pecadilho’, não chega a ser uma coisa absurda, é irrelevante.

Flávio Pinheiro, em entrevista para o Paralelos;.