02 agosto 2004

POR QUE SE EU ESTIVESSE EM SÃO PAULO, EU IRIA

Depois do sucesso dos cartazes do evento PÓQUET: Ruído e Literatura >>> escritores que tocam, músicos que escrevem <<< – que em suas dez edições se tornou um dos eventos culturais mais cultuados nos anos de 2002 e 2003, em Porto Alegre, (passadas as datas, os cartazes eram retirados por pessoas que já os haviam reservado com os donos dos estabelecimentos onde estavam fixados, com o propósito de colecionar) – Paulo Scott (“Ainda orangotangos”, Livros do Mal, 2003, e “Histórias curtas para domesticar as paixões dos anjos e atenuar os sofrimentos dos monstros”, Sulina, 2001) e Fábio Zimbres (editor, cartunista e ilustrador; Revista Animal, Edições MINI-TONTO, Caderno Ilustrada da Folha de São Paulo) iniciam um novo projeto: o “Na TáBUA”.

Serão três cartazes em formato A3, com edição mensal, contendo contos curtos, na parte superior, e desenhos, na parte inferior, (sempre em preto e branco), para serem afixados em livrarias, cafés e espaços culturais, inicialmente, em cinco cidades: Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte.

A cada mês, haverá convidados (escritores e ilustradores) que realizarão trabalhos inéditos especialmente para o “Na TáBUA”. Na primeira edição (mês de agosto), além de Paulo Scott, haverá os textos de Luiz Ruffato (Eles eram muitos cavalos, Boitempo) e Daniel Galera (Dentes Guardados, Livros do Mal), com os desenhos de Fábio Zimbres. Na segunda edição, estarão Marçal Aquino e Cardoso (do falecido zine Cardosoonline).

Participarão das outras edições, os escritores: Luiz Fernando Veríssimo, João Gilberto Noll, Daniel Pellizzari, Sérgio Sant´anna, Cíntia Moscovich, Marcelino Freire, Clarah Averbuck, Joca Terron, Ivana Leite, Sérgio Fantini, Gilson Vargas, Fabrício Carpinejar, Cecília Giannetti, Frank Jorge, Ronaldo Bressane; Tony Monti; e os desenhistas: Angeli, Adão Iturrusgarai, Alemão Guazzelli, Guilherme Pilla, Emerson Pingarilho, Carlos Ferreira, Rodrigo Rosa, dentre outros estrangeiros (argentinos e espanhóis).

Serão trinta edições (portanto, mais de dois anos) que virarão um álbum de luxo a ser publicado ao mesmo tempo no Brasil e na Espanha, possivelmente com o apoio da editora espanhola Media-Vaca.

A idéia básica – além da diversão de fazer (o projeto será tratado sem pressa) – é misturar meios, realizar com cuidado artesanal (não exatamente na contra-mão, mas complementarmente ao que se constata, hoje, na media eletrônica) a veiculação dos novos nomes e estilos – literários e do campo da ilustração – que têm a admiração dos realizadores.

O lançamento ocorrerá em São Paulo, no dia 05 de agosto, na Mercearia São Pedro, Vila Madalena, às 20 horas, com a presença de vários escritores e ilustradores que participarão do projeto.
SERVIÇO:
Lançamento nacional do projeto gráfico-literário "Na
TáBUA" Dia 5 de agosto, quinta-feira, 20H
Mercearia São Pedro Vila Madalena
São Paulo - SP