23 março 2012

Divertimento

No intervalo da criação do romance, por vezes volto a me aventurar pelos contos. Tudo o que tenho produzido desde então, são contos muito longos. Algumas pessoas preferem ignorar toda uma tradição inglesa e argentina de contos com mais de dezoito mil caracteres e insistem em classificá-los como novelas. Sigo contrário a tal nomenclatura.

Pois então: um conto inédito, desta nova safra, foi publicado no Musa Rara. Confesso que hesitei em publicá-lo online, dado esta nossa tendência em crer que leituras nesta mídia devem ser curtas (ah, o imediatismo da tolerância dos vídeos de até três minutos e das leituras de 140 caracteres).

Edson Cruz, poeta e editor da Musa Rara, é da opinião que é preciso mudar essa visão da internet e cá está o conto, então: Divertimento.